•  
  •  
Breadcrubs

História do União Mogi

O União é o clube mais tradicional de Mogi das Cruzes. Fundado no dia 7 de setembro de 1913, quebrando a barreira social e de preconceitos que existia na época na cidade de cerca de 10 mil habitantes e era formada por uma sociedade conservadora e elitizada. O historiador Glauco Ricciele destaca que o futebol teve início efetivo em Mogi em 1906. Os primeiros jogos na cidade foram entre o times Branco e Azul.

E prossegue o historiador. Ele conta no início da década de 1910, Mogi contava com dois times: o Falena Futebol Clube e o Esporte Clube Mogi. O Falena era do sapateiro Alfredo Cardoso, o Alfredão, um senhor negro que mantinha seu estabelecimento no centro da cidade e era conhecido como Alfredão. Já o Esporte Clube Mogi era do comerciante Francisco Veríssimo, o Chiquinho, representante da alta sociedade mogiana, que tinha uma loja de fazendas, como eram chamadas as lojas de tecidos, também no centro. Até que eles acharam melhor fazer uma união entre os dois times e foi assim que fundaram o União.

Para marcar esta fundação, o União Mogi convidou o Flor da Índia, da capital paulista, para um jogo amistoso, exatamente no dia 7 de setembro de 1913. O esquema tático era peculiar: um 2-3-5, conforme escalação, na foto ao lado.

E quis o destino que o primeiro gol do clube fosse marcado pelo seu fundador, o Alfredão. Final de partida, 1 a 0 para o União Futebol Clube, sobre o Flor da Índia.

O Alvirrubro não disputou competições de futebol até 1924, quando participou pela primeira vez de um campeonato amador conhecido como Campeonato do Interior. Foram pouco menos de 30 anos no amadorismo até que o União conseguisse se profissionalizar em 1951. Naquele ano, o clube disputou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, licenciando-se no ano seguinte. O retorno às competições oficiais aconteceu 1955, quando disputou mais uma vez a Segunda Divisão, onde permaneceu por outros quatro anos.

Em 1960, o clube pediu licença mais uma vez, deixando de participar de campeonatos organizado pela Federação Paulista de Futebol por quase duas décadas. O retorno deu-se em 1979, no Campeonato Paulista da Terceira Divisão, competição que disputou até 1981, quando foi promovido à Segunda Divisão do Estadual, na qual permaneceu até 1993. Naquela época, dada a reestruturação da fórmula do Campeonato Paulista, a equipe passou a competir na Série A3.

Em 1998, o clube mudou seu nome para União Mogi das Cruzes Futebol Clube, ganhando um novo apelido: União Mogi. Quatro anos depois, ainda no Campeonato Paulista da Série A3, a equipe foi rebaixada à Série B1, que disputou em 2003. Com novas alterações nos nomes da competição estadual, o time passou a disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão em 2004, sagrando-se campeão em 2006 e retornando à Série A3 no ano seguinte.

Em 2008, o clube voltou a adotar a antiga alcunha de União Futebol Clube, ficando com a 14ª colocação no Campeonato Paulista da Série A3, sem conseguir o acesso. Já em 2009 a equipe não conseguiu fazer uma boa campanha, terminando a competição na última posição da tabela, com apenas um ponto conquistado. Assim, em 2010, a equipe retorna à Segunda Divisão, em busca do acesso à Série A3.